• Twitter
  • Facebook
Home \ Parasha \ Vaieshev – extraído de um shiur do Rav Mordechai Elon

Vaieshev – extraído de um shiur do Rav Mordechai Elon

11.03.11  |   Parasha  |  Marcella Becker

Os Netos – extraído de um shiur do Rav Mordechai Elon

Nossa sequência de parashiot, começa em parashat Vaieshev (Bereshit 37-1), com Yossef aos 17 anos com seus sonhos sendo enviado por seu pai para ver o bem-estar dos irmãos em Shechem, e termina com Yossef morrendo aos 110 anos de idade(Vaiehi 50-26).

Nós falamos muito sobre os patriarcas, sobre as doze tribos e quase não reparamos que a Torá nos conta também sobre os netos. Todos conhecemos os netos de Yaakov, filhos de Yossef, Efraim e Menashe, nascidos e criados no Egito.

Logo após Yossef ser vendido como escravo, a Torá nos conta sobre Yehuda (Bereshit 38-1) e seus filhos, nascidos e criados em Canaan, Er, Onan e Shelá (netos de Yaakov), geralmente a Torá explica o significado dos nomes, mas neste caso não.

Er, o primogênito de Yehuda, foi mau aos olhos do Eterno e Ele o matou, provavelmente aos olhos da sociedade ele devia ser uma boa pessoa, já que a Torá nos conta que ele era mau aos olhos do Eterno. O mesmo se passou com Onan o segundo filho de Yehuda. Sobre Shela, apenas sabemos que ele teve dez filhos e ao primogênito deu o nome de Er, como é contado no livro Divrei Hayamim I (4-21).

O primogênito de Yossef recebeu de seu pai o nome de Menashe que significa, D´us fez-me esquecer de todo o meu esforço e toda a casa de meu pai (Bereshit 41-51), o segundo filho foi chamado de Efraim, pois frutificou-me D´us na terra de minha aflição(Bereshit 41-52).

Sobre os filhos de Yossef, nos conta Yaakov no final de seus dias na hora de abençoá-los, Efraim e Menashe são pra mim como meus filhos Reuven e Shim`on (Bereshit 48-5).

Se passaram cerca de quatro mil anos desde que Yaakov abençoou seus netos e até hoje em dia quando o pai abençoa seus filhos começa dizendo ´´ Que D´us te coloque como Efraim e Menashe …“ .

A propósito de benções, é bom lembrar também o que nos diz Shlomo Hamelech no livro dos Provérbios ´´aquele que tem um olho generoso abençoará…“ (Mishlei 22-9), nos ensinam nossos Sábios z´´l (de abençoada memória) não leia ‘abençoará’, leia ‘será abençoado’ (Nedarim 38) ou seja aquele que abençoa será abençoado, por isso devemos sempre abençoar os que estão a nossa volta, pois aquele pode ser um momento de boa vontade perante o Eterno e assim nossa benção se concretizará.

 Voltando para os netos de Yaakov, vemos que o grande mérito de Yossef, foi que apesar de estar no Egito, a grande potência e centro de idolatria da época, conseguiu educar os filhos nos princípios de ´´Israel Sába“ (Avô Israel).

Daqui vemos que para sermos bem sucedidos na árdua tarefa de educação para valores judaicos autênticos, temos que passar os valores não só para parecermos bons perante a sociedade, mas temos que levar esses valores no nosso interior e no interior de nossas casas de forma verdadeira e com a mesma ambição que nos empenhamos no trabalho.

Assim sendo, abençôo a todos que tenhamos no mínimo o mesmo sucesso que Yossef teve como vice-Faraó do Egito e como Pai.

Comentários fechados.