• Twitter
  • Facebook
Home \ Conflito \ Os árabes lutaram pela liberdade na 1 e na 2 GM

Os árabes lutaram pela liberdade na 1 e na 2 GM

07.02.11  |   Conflito  |  Marcella Becker

MITO

“Os árabes lutaram pela liberdade na Primeira e na Segunda Guerra Mundial”.

FATO

 Os árabes lutaram pela liberdade na 1 e na 2 GMAo contrário da ficção romântica do período, a maioria dos árabes não lutou junto aos Aliados contra os turcos na Primeira Guerra Mundial. O primeiro ministro britânico David Lloyd George destacou que a maioria dos árabes lutou por seus dirigentes turcos. Os defensores de Faissal na Arábia eram a exceção. Na Segunda Guerra Mundial os árabes demoraram a entrar na luta contra Adolf Hitler. Apenas a Transjordânia esteve junto aos britânicos em 1939. O Iraque foi dominado por pró-nazistas em 1941 e se uniu às forças do Eixo. A maior parte dos países árabes ficou em cima do muro, aguardando o desenrolar do conflito, para ver quem venceria. Com a Alemanha praticamente dominada, e sendo necessário entrar na guerra para se qualificar como país membro da nascente Organização das Nações Unidas, os árabes finalmente declararam guerra aos nazistas. Egito, Síria e Líbano, em 25, 27 e 28 de fevereiro de 1945; e a Arábia Saudita, em 2 de março. Em contrapartida, 30 mil judeus palestinos combateram o nazismo.

Comentários fechados.