• Twitter
  • Facebook
Home \ Halachot \ Chodesh Elul – por Fábio Erlich

Chodesh Elul – por Fábio Erlich

01.03.11  |   Halachot  |  Marcella Becker

BS”D

Pergunta:

Sabemos que todos os anos quando chega o grande e temível dia de Yom Kipur, nós pedir que Hashém nos conceda perdão e expiação pelo fato de não termos andado no caminho correto no último ano que passou e nós agradecemos e reconhecemos que Ele é piedoso, o dono da bondade e que nos perdoa de todas as coisas erradas que fazemos.

A pergunta é a seguinte: D´us nos cria incompletos e mais do que isso, jamais conseguiremos ser completos, uma vez que somos criaturas e não Criador, sendo que está ao nosso alcance “apenas” sermos pessoas melhores, subirmos de nível e sermos seres humanos com verdadeiros significados. Então, diante disso, como pode ser que Hashém fica “nervoso” com agente quando pecamos? E mais, como Ele pode nos perdoar se nós somos feitos desta forma, ou seja, para errar mesmo, uma vez que jamais seremos completos? E se D´us realmente precisa nos perdoar de algo, então porque nos esforçamos em dizer que ele nos perdoa, através de louvores, dizendo ainda que Ele é o dono da bondade e que isso é transmitido para nós ano após ano?

 Resposta

Em primeiro lugar, devemos saber que quando entramos em Chodesh Elul, começa de forma intensa e verdadeira a nossa reflexão sobre o que fizemos e quem fomos no ano que está terminando. Além disso, ouvimos o toque do Shofar para nos despertar e fazer com que possamos acordar a tempo, antes que seja tarde demais para pedir desculpas.

Por isso, devemos saber que o pedido de desculpa que fazemos ao Criador do Mundo é em sua essência ou que poderíamos ter feito, através de nosso potencial dado por Ele e no final, acabou que não fazemos. Pedimos desculpas sobre os pecados que cometemos, onde naquele momento do pecado, poderíamos ter sido mais fortes do que eles, mas infelizmente, não conseguimos.  Em cada um destes pecados, podemos estar anulando um ato positivo ou uma mitsvá que realizamos. E como não está nas nossas mãos termos uma forma completa, exatamente por isso, nós pedimos a quem sim é completo, Hashém, que nos dê muita força para que possamos ser a cada dia que passa mais e mais completos e somente assim, nós poderemos cumprir com a Sua vontade. O que devemos entender é que aquilo que não se encontra em nossas mãos fazer, D´us não nos julgará por isso.

Que possamos aproveitar esta oportunidade que Hashém nos dá, de ter o mês de Elul em nossas vidas, pedir desculpas sinceras e refletir sobre tudo o que fizemos, para que tenhamos força de cumprirmos o que Hashém espera da gente.

Comentários fechados.