• Twitter
  • Facebook

Arquivo da categoria: Conflito

IGNORÂNCIA, MENTIRAS E IDIOTICES parte 3

ConflitoSem comentários
23 mar 11

IGNORÂNCIA, MENTIRAS E IDIOTICES EM RELAÇÃO AOS DISTÚRBIOS DO ORIENTE MÉDIO HEITOR DE PAOLA O CONFLITO OCULTO As forças históricas que hoje disputam o poder no mundo articulam-se em três projetos de dominação global: o “russo-chinês” (ou “eurasiano”), o “ocidental” (às vezes chamado erroneamente “anglo-americano”) e o “islâmico”. (…) No terceiro, eventuais conflitos de interesses entre os governos nacionais e o objetivo maior do Califado Universal acabam sempre resolvidos em favor deste último, que hoje é o grande fator de unificação ideológica do mundo islâmico. (…) Embora em princípio as relações entre eles sejam de competição e disputa, às vezes [...]

Leia mais

IGNORÂNCIA, MENTIRAS E IDIOTICES – parte II

ConflitoComentários desativados
23 fev 11

por Heitor de Paola Democracia e Islam: Coêxistencia Possível? Para nós, ocidentais, a palavra democracia imediatamente evoca outra: liberdade. Mas, como argumenta Raymond Ibrahim (Is an Egyptian “Democracy” a Good Thing?) no Middle East Forum, não há nada inerentemente liberal, humanitário ou secular no conceito de democracia. Considerando Atenas, a primeira democracia da história, aceitava o princípio da escravatura e o status das mulheres daria orgulho aos Talibans, enquanto na ‘autoritária’ Esparta elas tinham um grau muito maior de igualitarismo. Platão evitava a democracia, preferindo os ‘reis filósofos’ para o ‘bem do povo’. A democracia americana também, durante uns 60 [...]

Leia mais

IGNORÂNCIA, MENTIRAS E IDIOTICES

ConflitoComentários desativados
23 fev 11

Ignorânica, Mentiras e Idiotices em Relação aos Distúrbios do Oriente Médio por Heitor de Paola Afirmando o papel civilizador e histórico da Comunidade de Crentes Islâmica, instituída por Allah como a melhor comunidade, que legou à humanidade uma civilização equânime e universal (…) e por quanto hoje se espera que esta Comunidade de Crentes sirva de guia correta para a humanidade, confundida por crenças e correntes contraditórias (…). Contribuindo aos esforços da humanidade no terreno dos direitos do homem, cujo objetivo é proteger o ser humano (…) assim como afirmar sua liberdade e seu direito a uma vida digna em [...]

Leia mais

Os árabes iam aceitar Israel após a Guerra de Suez

ConflitoSem comentários
15 fev 11

MITO: “Os governos árabes estavam preparados para aceitar Israel após a Guerra de Suez”. FATO Israel expressou de maneira consistente o desejo de negociar com seus vizinhos. Em discurso na Assembléia Geral da ONU em 10 de outubro de 1960, a ministra das Relações Exteriores, Golda Meir, desafiou os líderes árabes a se reunirem com o primeiro-ministro David Ben-Gurion para negociar um acordo de paz. Nasser respondeu em 15 de outubro, dizendo que Israel estava tentando enganar o mundo, e reiterou que seu país jamais reconheceria o Estado judeu. Os árabes foram igualmente teimosos na recusa a negociar um acordo [...]

Leia mais

Os árabes estavam preparados para aceitar Israel depois da guerra de 1948

ConflitoSem comentários
15 fev 11

MITO: “Os governos árabes estavam preparados para aceitar Israel depois da guerra de 1948”. FATO No outono de 1948, o Conselho de Segurança das Nações Unidas convocou Israel e os países árabes para negociar acordos de paz. Graças à insistência do mediador da ONU, Ralph Bunche, nas conversações bilaterais diretas entre Israel e cada país árabe, os acordos entre Israel e Egito, Jordânia, Líbano e Síria foram concluídos no verão de 1949. O Iraque, que também lutou contra Israel, recusou-se a seguir o exemplo. Entretanto, em 11 de dezembro de 1948, a Assembléia Geral adotou uma resolução que convocava as [...]

Leia mais

Apoio do Ocidente a Israel permitiu que os judeus conquistassem a Palestina

ConflitoSem comentários
14 fev 11

MITO: “O apoio do Ocidente a Israel permitiu que os judeus conquistassem a Palestina”. FATO Os judeus venceram a sua guerra de independência com ajuda mínima do Ocidente. De fato, a venceram apesar dos esforços de subverter seu poderio militar. Embora os Estados Unidos tenham apoiado vigorosamente a resolução da partilha, o Departamento de Estado não quis fornecer os meios para os judeus se defenderem. “De outro modo”, argumentou o subsecretário de Estado, Robert Lovett, “os árabes poderiam usar armas de origem americana contra os judeus ou esses poderiam usá-las contra os árabes”.  Em conseqüência disso, em 5 de dezembro de [...]

Leia mais

Os judeus deram início à primeira guerra contra os árabes

ConflitoSem comentários
14 fev 11

MITO:  “Os judeus deram início à primeira guerra contra os árabes”.   FATO    O presidente do Supremo Comitê Árabe afirmou que os árabes lutariam para defender “cada polegada de seu país”.    “Todos os nossos esforços para encontrar uma solução pacífica para o problema palestino têm fracassado. O único caminho que nos resta é a guerra. Terei o prazer e a honra de salvar a Palestina”.  Em 4 de maio de 1948, a Legião Árabe atacou Kfar Etzion. Os defensores os repeliram, mas a legião voltou uma semana depois. Após dois dias, os colonos judeus, numericamente inferiores e mal [...]

Leia mais

Qual é a verdade?

ConflitoSem comentários
10 fev 11

     Eu pensei muito se colocava ou não este texto que encontrei numa busca ultra rápida pelo Google. E quando digo rápida, quero dizer na primeira página de resultados do Google. Ou seja, acessível a qualquer pessoa.      O texto é da agência de imprensa italiana Adnkronos, fundada em 1963, com uma fusão entre duas agências, Kronos (fundada em 1951) e Agenzia di Notizie (fundada em 1959). Atualmente é de propriedade de Giuseppe Marra Comunicações. Em 2003, a agência lançou o seu escritório Internacional (Adnkronos International), com notícias e reportagens em árabe e em Inglês, principalmente do mundo árabe. O texto [...]

Leia mais

As Nações Unidas dividiram a Palestina de maneira injusta

ConflitoSem comentários
7 fev 11

MITO “As Nações Unidas dividiram a Palestina de maneira injusta”. FATO Quando a Segunda Guerra Mundial terminou, as informações sobre a verdadeira dimensão do Holocausto chegaram ao conhecimento da opinião pública mundial. Ganharam força as pressões para que os sobreviventes dos campos de concentração pudessem encontrar um refúgio em sua própria pátria. Os britânicos tentaram levar adiante um acordo aceitável para árabes e judeus, mas a insistência em obter a aprovação dos árabes foi em vão, pois esses não fariam qualquer concessão. O assunto foi, então, transferido para o âmbito das Nações Unidas, em fevereiro de 1947. A ONU nomeou uma [...]

Leia mais

O plano da partilha entregou aos judeus a maior parte da terra

ConflitoSem comentários
7 fev 11

MITO “O plano da partilha entregou aos judeus a maior parte da terra e toda a área cultivável”. FATO O plano da partilha lembrou um tabuleiro de xadrez, em boa parte porque as cidades e povoados judaicos estavam espalhados por toda a Palestina. Isso não complicou tanto o plano quanto o fato de o alto padrão de vida desses lugares ter atraído grande quantidade de árabes. Isso significava que qualquer partilha resultaria num Estado judeu com uma população árabe substancial. Ao reconhecer a necessidade de permitir assentamentos judaicos adicionais, a proposta vencedora concedeu terra aos judeus na Galiléia (norte do [...]

Leia mais