• Twitter
  • Facebook

Arquivo da categoria: Chaguim

As Haftarót de Pessach – por Rav Avraham Rosenberg

ChaguimSem comentários
13 abr 11

As Haftarót de Pessach Em Pessach, os trechos que lemos na Torá são especiais, extraídos de passagens dentre os cinco livros da Torá com assuntos pertinentes ao Chag HaPessach. Nos dois primeiros dias de chag, em shabat de chol hamoed e nos últimos dias do chag, as leituras tratam sobre Pessach. Assim sendo, não é difícil encontrarmos uma ligação direta entre o chag e a leitura da Torá nestes dias. E realmente, existem muitas passagens na Torá nas quais o assunto é chag HaPessach. Eu gostaria de falar justamente sobre as Haftarót que são lidas no decorrer dos dias de [...]

Leia mais

Uma visão mais profunda – por Rav Fabian Nigri

ChaguimSem comentários
13 abr 11

בס”ד UMA VISÃO MAIS PROFUNDA SOBRE AS FESTAS E PESSACH (Baseado nos escritos do Ramcha”l  Zi”a) O sentido das festas em geral O ciclo do ano judaico é algo muito interessante. É comparado a um trem que passa de estação em estação, e assim volta fazer esse itinerário todo o ano. Explicando melhor, cada festa judaica  é comemorada em lembrança a algum episódio que aconteceu naquela época do ano. Por exemplo: Pessach lembra a saída do Egito que foi no dia 15 de Nissan. Assim todo ano nessa mesma data  lembramos este fato e assim também com relação a todas [...]

Leia mais

Chad Gadya – por Rav Max Godet

ChaguimSem comentários
13 abr 11

Um carneirinho que meu pai comprou A primeira inclusão de Chad Gadya em um contexto relacionado a Pessach está no Sefer Rokeach (1160-1238). Embora não saibamos exatamente quem realmente o escreveu, a tradição ensina que esta é uma obra muito importante e de profundo significado em seu simbolismo. Acredita-se que foi escrito originalmente em Aramaico após a destruição do Segundo Templo, com o intuito de fortalecer nos Israelitas a fé em D-us numa época de amargura. Chad Gadiá, um carneirinho que meu pai comprou, tem sido entoado com alegria nas noites do seder em grande parte das casas judias durante muitos [...]

Leia mais

Delegação de poder de venda de Chametz

ChaguimSem comentários
12 abr 11

Você deve copiar e colar o texto abaixo, preenchê-lo e enviar para o e-mail kolelrio@yahoo.com.br até quarta-feira, dia 13 de abril. B”H Delegação de poder de venda de Chametz Pelo presente documento eu, abaixo firmado, delego totalmente ao Rabino Netanel Tzippel, o poder de atuar em meu lugar, e levar a cabo a venda de todo chametz possuído pela minha pessoa (tanto o sabido como o desconhecido), de acordo com o definido como tal pela Torá e pela lei rabínica (a saber: chametz, chametz duvidoso e todo tipo de mistura de chametz). Do mesmo modo, todo o chametz que tende [...]

Leia mais

A relação entre os nomes de Pessach

ChaguimSem comentários
4 abr 11

Sabemos que Chag HaPessach também é chamado de Chag Hamatsot, nome que expressa a confiança do Povo Judeu em D´s. A ação sa providência Divina sobre o mundo ficou clara na saída do Egito, e este evento passou então a formar a raiz da confiança em Hashem. Este é justamente o significado da matsá… nas palavras da Hagadá: “Qual o significado desta matsá que comemos? Para lembrar que as massas dos nossos antepassados não fermentaram antes que o Rei dos Reis aparecesse e os redimisse”. Já o nome Chag HaPessach se refere ao sacrifício de Pessach e ao apreço de [...]

Leia mais

Pessach, nossa liberdade

ChaguimSem comentários
1 abr 11

BS”D Estamos nos aproximando da festa de Pessach. Não resta dúvida de que Pessach é uma das festas mais conhecidas de nossa tradição. Festa da liberdade, repleta de alegria, de união entre todos os grupos do povo de Israel. Todos os costumes da noite do seder compreendem não somente costumes de homens livres, mas também costumes típicos da realeza. Nossas refeições diárias são mesas de homens livres, não de escravos – nós comemos e bebemos o que escolhemos, o que nós mesmos resolvemos comprar, com a finalidade que desejamos dar a cada refeição, porém na noite de Pessach, a mesa [...]

Leia mais

Purim – por Fábio Erlich

ChaguimSem comentários
18 mar 11

BS”D  FÍSICO E ESPIRITUAL – CONSTRUINDO A FELICIDADE Baseado no shiur do Rav Yissocher Frand Há uma diferença muito significativa entre o judaísmo e outras religiões. Muitas religiões acreditam em uma dicotomia básica entre o físico e o espiritual. É por isso que acreditam que seu povo santo deve permanecer afastado de qualquer tipo de contato com o mundo físico. Há a sustentação de que, se uma pessoa realmente quer chegar a espiritualidade, ela deve separar-se de coisas físicas. Quanto mais separado do físico, mais uma pessoa pode se tornar “sagrada”. O judaísmo nos ensina exatamente o oposto. A Torá [...]

Leia mais

Purim – por Rav Netanel Tzippel

ChaguimSem comentários
14 fev 11

Há uma frase famosa muita usada em hebraico que diz: “nem todo dia é Purim”. Isso, realmente, é verdade, nem todo dia é como Purim, nem todo dia temos o mérito de ter um dia tão alegre – não há um dia tão elevado durante o ano. No Talmud Yerushalmi é dito que no futuro todos os livros do Tanach serão anulados, menos a Meguilá Ester, de acordo com o que está escrito nela: “Estes dias de Purim não passarão (deixarão de existir) para os judeus e sua lembrança não se extinguirá de sua descendência“. E no Midrash está escrito [...]

Leia mais

Se você vivesse na época de Chanuká, acenderia uma Chanukiá ou teria uma árvore de Natal? – por Rav Rony Gurwicz

ChaguimComentários desativados
30 jan 11

Chanuká é uma dentre as duas únicas festas de nosso calendário que foram instituídas pelos nossos Sábios. O que eles viram de tão importante que justificasse santificar essa data por todas as gerações seguintes? A resposta é que toda a história de Chanuká fala sobre a vitória judaica sobre a assimilação imposta pelos gregos. O problema da assimilação é um dilema atemporal, sempre está presente no cotidiano, independente de uma época específica. Para vencer a assimilação há somente um caminho: uma educação extraordinária. Este é o milagre de Chanuká, e se bem estudado e aplicado pode e merece ser comemorado [...]

Leia mais

Chanuká – por Rav Netanel Tzippel

ChaguimSem comentários
2 jan 11

BS”D A Guemará no tratado de Shabat traz uma solução inafalível para a educação dos filhos: “Falou Rav Huna: aquele que se acostuma a acender a vela terá fi lhos estudiosos e sábios”. Rashi explica que esta passagem também se refere ao acendimento das velas de Chanuká. Se é assim, aprendemos que uma pessoa que quer ter sucesso na educação de seus f lhos deve sempre cuidar de acender as velas de Chanuká da maneira apropriada, pelo menos de acordo com a opinião de Rav Huna. Devemos entender que essa passagem da Guemará não é tão simples.  Para um assunto [...]

Leia mais