• Twitter
  • Facebook

Arquivo da categoria: Derech Eretz

O mês de Adar

Derech EretzComentários desativados
4 fev 11

De acordo com o Livro da Formação (Sefer Yetzirah) cada mês do ano judaico tem uma cor correspondente, uma letra do alfabeto hebraico, um signo do Zodíaco, uma das doze tribos de Israel, um sentido e um membro controlador do o corpo. Adar é o décimo segundo mês do calendário judaico. A palavra Adar remete à "força" em hebraico (אדיר). Adar é o mês de boa sorte para o povo judeu. Os sábios dizem de Adar: "Sua mazal [sorte] é forte." Purim, o feriado de Adar, comemora a "metamorfose" dos judeus, a aparente má sorte (como pareceu a Haman) para boa. [...]

Leia mais

O QUINTO MANDAMENTO: O RESPEITO AOS PAIS

(Extraído de “THE FIFTH COMMANDMENT – HONORING PARENTS”, com autorização do Editor “ArtScroll/Mesorah Publications Ltd., Brooklyn, NY.”) A mitsvá de respeitar os pais é um preceito dos mais fundamentais, tanto é assim que faz parte dos Dez Mandamentos (Êxodo 20:12 e Deuteronômio 5:16). O midrash (Devarim Rabbah 6:2) encara esta mitsvá como a mais difícil, já que a Torá compara o dever de respeitar os pais à obrigação de honrar D´us. Como assim? Os Dez Mandamentos foram dados ao povo judeu inscritos em duas tábuas, cada uma com cinco preceitos. Em geral os primeiros cinco (Fé em D´us, proibição de [...]

Leia mais

Escapando da Subjetividade

por Rabino Yitzchok Kirzner Todos nós gostamos de nos considerar pessoas que buscam a verdade, de forma objetiva e imparcial. E gostaríamos de acreditar na nossa capacidade de alcançar um entendimento objetivo. Na verdade, entretanto, nossas atividades intelectuais – especialmente nossa procura por um sentido e um propósito na vida – estão inevitavelmente tingidas por nossos desejos. É impossível escapar da subjetividade. Mesmo quando escolhemos tópicos para dirigir nossas energias mentais, esses tópicos estão em função de uma vontade ou de um desejo pré-existente. Porque uma pessoa, por exemplo, entra numa livraria e fica rondando a seção de livros de [...]

Leia mais

O Mundo dos negócios e o mundo judaico

Muita gente acha que não é possível viver de forma judaica no atual ambiente de negócios e de trabalho em geral. Isso, definitivamente, não é verdade. D’us nos mandou trabalhar para nossa sobrevivência. E podem ter certeza que ele já sabia como seriam os diferentes ambientes de trabalho que teríamos através das gerações. Então trabalhar é necessário. É uma mitzvá (mandamento divino), é uma obrigação ditada por D’us. Mas será que D’us nos mandou trabalhar sem termos uma vida judaica? Será que Ele nos daria uma obrigação dessa se soubesse que não seria possível cumprir os mandamentos que Ele mesmo [...]

Leia mais