• Twitter
  • Facebook
Home \ Halachot \ A Brachá de Shehecheyanu – por Fábio Erlich

A Brachá de Shehecheyanu – por Fábio Erlich

01.03.11  |   Halachot  |  Marcella Becker

 

1 – Sabemos que para uma fruta que ainda não comemos neste ano, devemos recitar após a competente brachá, a benção de Shehecheyanu. Mas tem algo que não está claro: O ano que se refere a lei judaica é contado dos últimos 365 dias até o dia em que estarei comendo a nova fruta ou do último Rosh Hashaná até agora?

2 – Se foi comida uma fruta, porém em um outro formato, por exemplo, ao longo do ano a pessoa come figo, mas neste momento está com um figo seco na sua frente. Será que por ter mudado a forma da fruta e essa ainda não ter sido comida neste formato “seco”, preciso recitar a brachá de Shehecheyanu?

3 – Também devemos recitar a brachá de Shehecheyanu sobre as verduras novas que comemos ou apenas para as frutas?

Respostas:

A brachá de Shehecheyanu é feita de acordo e baseado em um novo crescimento e não de acordo com o ano. Assim, se temos uma fruta nova que provém de uma nova árvore que cresceu e deu os seus frutos, devemos recitar esta brachá e agradecer ao Criador do Mundo por ter feito um novo crescimento neste momento. Por exemplo, o pêssego, ele pode ter o seu crescimento num período de 3 meses e mesmo se comermos pêssego e no mesmo ano, estiver em nossa frente outro pêssego, mas proveniente de uma nova árvore, devemos recitar a brachá de Shehecheyanu, mesmo que comemos pêssego há menos de um ano.

Diante desta explicação, se temos a nossa frente algo que teve um crescimento novo, devemos necessariamente proferir a brachá de Shehecheyanu. Porém, se estamos diante de um alimento em que não conseguimos distinguir se ele é novo ou velho, como pro exemplo as verduras, em que elas sempre se parecem umas com as outras, tendo muitas vezes tamanhos variados, NÃO se deve proferir a brachá de Shehecheyanu, pois não há um sentimento ou uma felicidade de que se está comendo algo novo, uma vez que não há como haver a distinção entre uma verdura antiga e uma nova.

 

אני יודעת שעלי לברך “שהחיינו” על פרי שלא אכלתי השנה. רק לא ברור לי: מה זה “השנה”? בשנה האחרונה עד היום (365 ימים) או מראש השנה האחרון?
2. אם אכלתי את הפרי אך בצורה אחרת למשל- מיובש, האם גם אז עלי לברך? (למשל לברך על ענבים, אם אכלתי צימוקים במשך השנה)
3. האם מברכים גם על ירקות?
(סליחה על הבורות, אני באה מהעולם החילוני…)

תשובה:
שהחיינו הוא דין בגידול חדש, לא בשנה. על כן כשיש פרי חדש מגידול חדש מברכים שהחיינו ומודים לקב”ה שמתחיל גידול חדש כעת. וכל פרי נדון בפני עצמו, דהיינו אפרסק יכול לגדול כשלשה חדשים, אבל כשיגיע אפרסק מגידול חדש בשנה הבאה (פחות משנה) יברכו שהחיינו.

Comentários fechados.